Colágeno Hidrolisado – Dra Caroline Nóbrega

colageno foto

A suplementação de colágeno funciona ou não para melhorar a elasticidade de sua pele? Se nos perguntassem isso há uns 6 meses atrás diria que não existia estudos seguros que comprovassem essa hipótese em humanos. Porém, como a Ciência evolui todos os dias, minha opinião como nutricionista também pode mudar todos os dias.

O colágeno é uma proteína abundante no organismo e não está presente só na pele, mas também nos tendões, nos ossos e nos músculos. E como toda proteína ela é formada por 20 aminoácidos

Em recente estudo publicado em dezembro de 2013 (“A ingestão oral de peptídeos de colágeno bioativos específicos reduz as rugas da pele e aumenta a síntese de matriz dérmico, Proksch E, Schunk M, Zague V, Segger D, Degwert J, Oesser S.”) com 114 mulheres de idade variando entre 45-65 anos, demonstrou que que a ingestão oral de peptídeos de colágeno bioativos reduziu significativamente as rugas da pele e teve efeitos positivos sobre a síntese da matriz dérmica. Em outro estudo, mais recente ainda, publicado em 2014 (Skin Pharmacol Phyciol, 27(1): 47 -55,2014) demonstrou que a suplementação oral durante 8 semanas de COLÁGENO HIDROLISADO em 60 mulheres com idade entre 35 e 55 anos , promoveu  uma melhora significativa da elasticidade da pele quando comparadas com o grupo placebo. A suplementação também não promoveu efeitos colaterais.

Assim, temos pano para manga para afirmar que a suplementação de colágeno hidrolisado pode ser uma adjuvante na melhora da pele prevenindo o envelhecimento precoce sim. Ressaltando que suplementação de colágeno hidrolisado não diminui a importância de uma dieta rica em alimentos que estimulem a produção de colágeno no corpo humano. Os alimentos fontes desta proteína são: carne magra, frango, peixe e ovo (especialmente a clara). Invista também em legumes, verduras, frutas (principalmente cítricas) e castanhas, pois possuem os nutrientes (vitaminas A, C e E, selênio e zinco) que somente com eles estão garantidos a absorção do colágeno (por essa razão correr do “colágeno hidrolisado puro” dos supermercados).

Importante salientar também  que, associada à suplementação, são necessárias mudanças importantes no estilo de vida que muitas vezes podem surgir por etapas e o colágeno pode ser melhor introduzido na sua dieta posteriormente após um ajuste de conduta de seus hábitos alimentares. Por isso, há a necessidade de buscar a adoção de um plano alimentar individualizado e adequado com um nutricionista funcional que te dê todas as orientações adequadas.  

Na minha prática clínica, prefiro prescrever o colágeno em pó.
Preferencialmente com um mínimo de 5 g de colágeno, contendo silício e vitamina C em sua composição e de quebra, 0 g de carboidrato. Gosto de prescreve-lo a noite, pois esse produção terá maior interação com a ação do hormônio do crescimento, o famoso Gh que tem pico de ação maior as 3 h da madrugada.

E a gelatina?
A gelatina que a gente come de sobremesa tem só 10% de proteína e, por isso, não deve ser considerada como alternativa para firmar a pele ou deixar o corpo mais durinho, além de ser cheia de corantes e adoçantes….Já a gelatina em cápsula (ou farmacêutica) é o colágeno puro. Só que, por não ser hidrolisada, é menos eficiente.

carol nobrega logo

1 Comment on Colágeno Hidrolisado – Dra Caroline Nóbrega

  1. fiverr.com/eebest8
    20/02/2015 at 22:33 (3 anos ago)

    I really liked your blog article.Really thank you! Really Cool.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *